Nascida para brilhar. Meu signo é do fogo, Ariana sem restrições e uso a palavra como açoite. E sai da frente, senão empurro!

Internet e sua (cruel) face oculta

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube

Dei um tempo no trabalho e resolvi investir em algo que me agradasse e me fizesse mais feliz. Até que o Mulheres, resolveu sair da estagnação e fiquei pensando: e agora? Terei textos, idéias, não estando mais inserida no mercado profissional? Saberei estar à altura da responsabilidade de minha amigas Mulheres?

Daí, que estando em casa, trabalhando  em horários flexíveis, tive mais tempo para redes sociais, mais observações do comportamento humano e cheguei a triste conclusão, que caminhamos pra um novo mundo, chato pra caralho.

Explico: o anonimato da internet, tem criado monstros, factoides, revoltas, com a benção de todos. Já escrevi antes, que estamos nos tornando garrafas de coca cola, todas iguais. Agora , com um agravante: não se pode dar um peido fora do tom, que a sociedade politicamente correta te ataca; existe em uma aclamada rede social uma página denominada Humor afro descendente (ironia sensacional!) mas que faz a gente pensar que perdemos a espontaneidade, não podemos mais discordar de nada!

OI?!  O que aconteceu com a gente?

Por que tanta patrulha, moçada? Por que também tanta incitação ao ódio?

Tô louca ou apenas , levando um big choque de realidade?

Sério mesmo que a gente sempre foi assim, tão babaca?

E as coisas legais que a net tem, deixaram de contar?

Mistérios, caras e caros queridos colegas de trabalho.

Vamos deixar de ir na onda e criemos nossa própria vibe. Parem com isto por favor.

Quero nossa inocência (?) de volta!

 

tres-macacos-300x300

Bons tempos em que estes macacos, ilustravam nossa conduta!

Todo poder à #Hashtag !

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube

 

 

hashtags

 

Eu sempre soube que as pessoas têm a necessidade de serem vistas. Mais que isto, serem aceitas. Não medem esforços e podem chegar às últimas consequências. Uns mais, outros nem tanto… Desde o finado Orkut, a porção narcisista de cada um aflorou!

Na minha época, todo mundo queria estar “inserido no contexto”. Esta expressão foi tão usada, que acho que foi banida do dicionário. Para qualquer formulação básica, lá estava você inserido no contexto. Porém, as pessoas estão exagerando.
Com o boom da #hashtag, agora não se vai nem na esquina sem antes informar a todos e ter certeza que TODO mundo irá ver.

Maria das candongas, empoderada porém meiga, malhada e fofa, vai à padaria: #paoquente  #adoro  #esquinadapadaria  #delicia  #quentinhopoderoso   #amopao  #Instapao #instadelicia   #lourinhagosta #errejota #021 #lowcarb #fit #runners #feminismo #empoderamento #HillaryClinton…

Pobre ferramenta, tão boa e poderosa, sendo execrada na timeline mais próxima de você!

Eita povo besta este nosso, que ultimamente está pior do que Narciso! Até que a nova ferramenta apareça, teremos que ver este ícone da vida moderna seguir sua pobre sina! E assim segue a caravana, lutando por um lugar ao sol, sob as bênçãos da nossa amada #!

Hashtags são compostas pela palavra-chave do assunto antecedida pelo símbolo cerquilha (#). As hashtags viram hiperlinks dentro da rede, indexáveis pelos mecanismos de busca. Sendo assim, outros usuários podem clicar nas hashtags (ou buscá-las em mecanismos como o Google) para ter acesso a todos que participaram da discussão. As hashtags mais usadas no Twitter ficam agrupadas no menu Trending Topics, encontrado na barra lateral do microblog. (Wikipédia)

 

1 2 3 91